Jeremoabo é confirmado o 2º. maior produtor de mel do Estado e 4º. do Brasil

Postado por Adalberto Moreno em 4 de novembro de 2016

A a estiagem é o principal entrave para que Jeremoabo ainda não esteja em primeiro lugar na produção de mel no país

Na foto a Casa do mel da Baixa dos Quelés uma das mais modernas do Estado

Na foto a Casa do mel da Baixa dos Quelés uma das mais modernas do Estado

Campo Alegre de Lourdes (BA) com produção de 491 toneladas desponta como o maior produtor de mel do Estado da Bahia, seguida, logo de perto por Jeremoabo que teve produção de 435 toneladas em 2015. Depois aparecem Remanso com 231 toneladas e Ribeira do Pombal com produção de 180 toneladas.

Jeremoabo é agora tem a 4ª. Maior produção de mel do Brasil. A primeira em produção no Brasil foi Arapoti/PR com 720 toneladas, depois aparece Ortigueira/PR com 650 toneladas, Campo Alegre de Lourdes/BA com 491 toneladas e Jeremoabo (BA) com 435 toneladas.

Tal colocação nos enche de orgulho e aumenta a responsabilidade de nossos governantes. Precisamos transformar esta potencialidade, que tem sim condições de chegar a ser a Capital do Mel Nacional, num vetor de desenvolvimento e crescimento com planejamento de políticas públicas de apoio a curto, médio e longo prazo.

É necessário apoiar nossos apicultores concedendo condições para produção e comercialização em pé de igualdade com outras regiões que nem tem a nossa capacidade e investir em modernas casas de mel como a existente em Baixa dos Quelés. E, por que não pensar numa indústria de transformação em produtos comestíveis, ligados à saúde, etc?

Fonte: www.jeremoabo.com.br


Publicidade