Lagosta suada à moda de Cascais

Postado por Adalberto Moreno em 25 de julho de 2011

Todos nós sabemos que Lagosta é comida pra poucos, mas se você ganhasse um saco cheio dessa espécie, o que você faria? Eis o meu dilema e numa semana dessas tive que usar uma receita muito especial para não perder tamanha iguaria. Aviso pra os meus amigos leitores e simples mortais que acredito que a receita sirva para preparar uns camarões ou pitus, que estão mais dentro da nossa realidade. Aí vai o melhor prato que eu já fiz e já provei em toda a minha aventura gastronômica.Tudo que você precisa é de uns 400 g de filé de lagosta ou camarão, uma folha de louro, 3 tomates maduros, 1 cebola grande, 3 colheres de azeite, 1 cálice de vinho do porto, um cálice de conhaque Domeq. Refogue os tomates e a cebola no azeite junto com a folha de louro por 15 minutos.Cuidado para não secar o azeite. Se perceber que vai secar coloque mais um pouco.Retire a folha de louro e bata no liquidificador. Em seguida junte o conhaque e o vinho e coloque junto com as lagostas ou camarões por 10 minutos em fogo brando. Pronto pra servir. Decore o prato fazendo uma lâmina com o molho. Em um prato branco, coloque a lagosta e cubra a mesma com o mesmo molho, coloque um ramo de alecrim ou outra folha verde pra dar um tchan. Sirva e delicie-se. Depois abra um vinho de uva Riesling e deixe que o prazer tome conta de sua boca. Bom apetite.

Um Comentário

  1. Emanuella Carvalho Nascimento disse:

    Parabéns Marcos de Kodó pela irreverência com que você trata os seus pratos. É por isto que eles fazem tanto sucesso…até mais que o próprio criador…


Publicidade