Os subprojetos selecionados são de Apicultura e Meliponicultura, Bovinocultura de Leite e Socioambientais para Agricultores Familiares sem ATER

Bahia ProdutivaPor Adalberto Moreno

A Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural da Bahia (SDR), divulgou o resultado dos editais da 3ª etapa de seleção de subprojetos orientados para o mercado da cadeia produtiva do leite; de apicultura e meliponicultura; e de subprojetos socioambientais.

No município de Jeremoabo 10 associações foram classificadas, restando apenas duas etapas; a do Assessor Territorial e a do Conselho Estadual.

 

Confira as 10 entidades selecionadas:

Apicultura e Meliponicultura

– Associação dos Apicultores do Assentamento Caritá- AAAC;

– Associação de Agricultores Familiares Remanescentes de Quilombos das

Comunidades de Baixa da Lagoa, Olhos D’água e Quelés;

– Associação dos Apicultores do Município de Jeremoabo;

– Associação Comunitária do Pau D’água;

– Associação de Quilombolas do Juazeiro dos Capotes.

 

Bovinocultura de Leite

– Associação Comunitária do Jasmineiro;

– Associação Comunitária da Barroca.

 

Subprojetos Socioambientais para Agricultores Familiares sem ATER

– Associação Comunitária do Povoado Baixa da Pedra e

Pedregulho;

– Associação das Mulheres Empreendedoras da Comunidade

Carità;

– Associação Comunitária dos Pequenos Produtores Rurais de Leite e

Horticultores do Povoado Olho D’água do Albino.

O objetivo da seleção de Subprojetos Orientados para o Mercado visa à melhoria das condições de vida da população rural do Estado da Bahia, com o foco na dinamização da cadeia produtiva, bem como inclusão dos agricultores familiares e empreendedores da economia solidária no processo produtivo, através das ações e investimentos do Projeto, para promover o seu desenvolvimento socioeconômico por meio da inclusão no mercado, acrescentando valor e expandindo a escala da produção rural e de outras fontes de renda além da agricultura.

Os critérios de elegibilidade para participação são os seguintes:

  1. a) As Entidades proponentes deverão estar legalmente constituídas e formadas por agricultores familiares ou por empreendimentos da economia solidária
  1. b) Subprojetos convergentes com os Planos de Desenvolvimento Territorial (quando disponível).
  2. c) Grupos beneficiários devem estar executando diretamente atividades financiadas pelo Projeto.
  3. d) Apresentação de um Plano de Negócio antes do financiamento, demonstrando viabilidade econômica e financeira e sustentabilidade social e ambiental. O Plano de Negócio deverá ser elaborado após a aprovação da Manifestação de Interesse.
  4. e) Demonstrar contrapartida mínima obrigatória de 20% do valor do Subprojeto.
  5. f) Cumprir as Salvaguardas Ambientais e Sociais preconizadas no Projeto Bahia Produtiva, conforme Anexo 03
  6. g) Obtenção das licenças ambientais necessárias que deverão ser providenciadas após a aprovação da Manifestação de Interesse e do Projeto Executivo.
  7. h) Alcançar a pontuação mínima de 470 pontos de acordo com o Barema do Edital.
  8. i) Não exigir investimento na construção de rede de distribuição de energia elétrica que ultrapasse o valor de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) Disponibilidade de fonte de água adequada ao Subprojeto.

Publicidade