Criadores atingidos pela seca podem adquirir milho para alimentar animais

Postado por Adalberto Moreno em 26 de maio de 2012

São 200 mil toneladas de milho dos estoques oficiais da Companhia Nacional de Abastecimento

Produtores familiares e cooperativas de gado de leite e corte, aves, suínos, caprinos e ovinos de áreas correspondentes à Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) já podem adquirir milho com preço subsidiado para alimentar os animais.

A medida do Governo Federal beneficia produtores familiares inscritos no Programa Nacional da Agricultura Familiar (Pronaf) – linha de crédito rural do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) – e que estejam localizados em municípios em estado de calamidade por causa da estiagem. Cada produtor pode adquirir individualmente até três toneladas de milho. Para as cooperativas, o limite chega a três mil toneladas do produto, pelo preço de R$ 18,10 a saca de 60 quilos.

Os produtores podem participar da operação de venda em balcão de 200 mil toneladas de milho dos estoques oficiais da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A Portaria Interministerial nº 470, que autoriza a operação, foi assinada pelos ministérios da Fazenda, Planejamento, Orçamento e Gestão e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, e publicada nesta sexta-feira, dia 25 de maio, no Diário Oficial da União


Publicidade