Jeremoabo: Comarca realiza seu terceiro júri popular de 2014

Postado por Adalberto Moreno em 7 de fevereiro de 2014

A meta é atingir trinta julgamentos públicos em 2014

Forum municipalMais um Júri Popular foi realizado ontem (06) na Comarca de Jeremoabo e que trouxe ao banco dos réus, o Sr. José de Almeida Santos, conhecido como “Zelis”, da cidade de Pedro Alexandre (BA), acusado de crime ocorrido em 30.12.2008, no local conhecido como Bonsucesso, naquele município e que teve como vítima Cícero de Souza. O fato ocorreu após desentendimentos em função da esposa de Cícero de Souza, que após deixa-lo por alguns dias, foi morar com o autor da ocorrência. A morte, sem testemunhas oculares, ocorreu numa estrada quando o Cícero atacou Zelis a pauladas que reagiu já que estava armado com uma faca, acertando-lhe apenas um golpe na parte superior da coxa, causando-lhe a morte por hemorragia. O Ministério Público, representado pelo Promotor, Dr. Carlos Augusto, defendeu a tese de homicídio simples, enquanto a defesa representada pelo Dr. Adalberto Benigno do Rosário e Dr. Admilson Chagas Júnior, contando ainda com a assistência do estagiário de Direito, Dan Oberdan, demonstrou a tese de legítima defesa, acatada pelos jurados, que absorveu o réu da acusação, após ouvirem atentamente os debates e argumentações das teses defendidas por defesa e acusação.

O Júri foi presidido pelo Dr. Antonio Henrique da Silva, Juiz de Direito da Vara Criminal, da Comarca de Jeremoabo (BA), que vem empreendendo uma verdadeira caça à impunidade na região, com meta de atingimento em 2014 da realização de 30 (trinta) sessões de julgamentos públicos. Como sempre faz, na abertura, reportou-se a série de inspeções no Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA), a fim de apurar irregularidades que envolvem denúncias de corrupção, improbidade administrativa, nepotismo cruzado e deficiência de pessoal, empreendida pela Corregedoria Nacional de Justiça (CNJ), dizendo-se surpreso com os acontecimentos que mancham a imagem do judiciário na Bahia.

 

Os júris não param e dias 11 e 13.02.2014 mais duas sessões movimentarão o Forum em mais dois julgamentos.

Fonte www.jeremoabo.com.br


Publicidade