Os presos foram encaminhados para o Presídio Regional de Paulo Afonso.

Delegacia de JerePoliciais civis da Delegacia de Jeremoabo cumpriram três mandados de prisão preventiva na manhã desta quarta-feira (02) em desfavor de Adriano Santos Nascimento, Benival Santos Ferreira e Bernadete Alves de Menezes, pelo crime de estupro de vulnerável contra duas vítimas menores, de 12 e 13 anos de idade.

Conforme os registros na delegacia de polícia, além das declarações já colhidas, há algum tempo, pelo menos há dois anos, as adolescentes têm sido vítimas de abuso sexual da parte dos indiciados, com a conivência da mãe Bernadete, inclusive esta, por vezes, promove “reggae” em sua residência com consumo de bebidas alcoólicas, expondo tais adolescentes a uma situação de extrema vulnerabilidade e exploração sexual.

Entenda o caso

No último dia 07 de julho, por volta das 19 horas, três pessoas foram presas e encaminhadas para a delegacia de polícia, suspeitas pelo crime de estupro de vulnerável em Jeremoabo- BA. Segundo informações, os crimes aconteciam com o consentimento da própria mãe das vítimas.

Diante das denúncias, uma PM ficou aguardando próxima a residência da família para avisar quando os suspeitos chegassem e, logo após, uma guarnição da Polícia Militar se dirigiu até lá, onde foram localizados o padrasto das vítimas, Adriano Santos do Nascimento, de 19 anos, seu primo Benival Santos Ferreira, de mesma idade e à mãe das vítimas, Bernadete Alves Menezes, de 42 anos.

Os agentes policiais conversaram com as vítimas e com a mãe, que confirmaram os abusos praticados pelos dois indivíduos, com o consentimento da genitora.

Preventiva decretada

Atendendo a uma solicitação da autoridade policial, o Juiz de Direito da comarca expediu os mandados de prisão em desfavor dos denunciados, inclusive a própria mãe das vítimas que recebia em sua residência tais pessoas, oportunizando as práticas criminosas, quando, na verdade tem o dever legal de proteger e defender suas filhas de tais abusos, daí por que também foi feita a representação contra ela.

Os presos foram encaminhados para o Presídio Regional de Paulo Afonso.

Fonte: Chico Sabe Tudo


Publicidade