São 117 dias sem banco

Foto - RBN

Foto – RBN

Em cerca de 20 minutos, tudo foi destruído. De repente, a agência bancária do Banco do Brasil em Coronel João Sá, a pouco mais de 62 Km de Jeremoabo-BA, deu lugar a uma fachada de destroços após a ação de um grupo de bandidos que usaram explosivos para assaltar o estabelecimento. Só que, enquanto o estrago veio rápido, a recuperação vem a passos lentos.Passado o susto, os pouco mais de 16 mil habitantes da cidade completam, nesta quarta-feira (2), 117 dias sem esse e sem nenhum outro banco. Desde o dia 5 de janeiro, quando a agência de Coronel João Sá foi atacada, o estado teve outras 25 ocorrências de crimes contra instituições financeiras, segundo o Sindicato dos Bancários – dá uma média de um caso a cada cinco dias.

Fonte: Correio


Publicidade