Sítio do Quinto: prefeito nomeia novos secretários

Postado por Adalberto Moreno em 9 de dezembro de 2015

Cleigivaldo Carvalho continua afastado do cargo

Foto: Jeremoabo Agora -Jair do Correio atual prefeito de Sítio do Quito

Foto: Jeremoabo Agora – Jair do Correio atual prefeito de Sítio do Quinto

Afastado da gestão pelos vereadores, o prefeito Cleigivaldo Carvalho Santa Rosa (PDT), sofreu sua primeira derrota na justiça e teve o pedido de mandado de segurança com pedido de liminar negado pelo juiz Paulo Eduardo de Menezes Moreira, da comarca de Jeremoabo. O democrata trabalhista foi afastado do cargo no dia 30 de novembro em uma sessão tumultuada na Câmara de Vereadores e abriu um processo de investigação para apurar possíveis irregularidades relacionadas a supostos atos de improbidade administrativa, infrações político-administrativas desvio de verbas e licitações duvidosas.
Com o afastamento de Cleigivaldo, Jair do Correio, como é conhecido o vice, tomou posse na terça-feira, 1º de dezembro 2015, e permanece, tanto que já modificou todo primeiro escalão. Foi nomeado Giovane Matos (Tesoureiro), Adson Santana (Controlador Interno), Gabriel Fontes (Procurador), Eliz Regiane (Secretária de Assistência Social), Elenaldo Carvalho Menezes (Infraestrutura), Elenice Andrade (Educação), Adriana Samara (Saúde), Maciel Andrade (Desenvolvimento Econômico), Diego Damascena (Administração) e Morgana Nascimento (Chefe de Gabinete).
O presidente da Câmara, Rodrigo Dias Santa Rosa, (PDT), mais conhecido por Rodrigo de Gilson, falou à imprensa que a comissão constituída para apurar as denúncias tem um prazo 90 dias para apresentar o relatório e parecer final.
Paralelo às denúncias apresentadas, continuam chegando outras, a exemplo das apresentadas por Carlos Oliveira Reis (PSD), que exerceu o mandato de vice-prefeito no período 2004/2012, primeira gestão de Cleigivaldo Carvalho Santa Rosa (PDT). Ele disse que irá apresentar a Câmara de Vereadores e ao Ministério Público, dentre elas a sua ausência por 48 dias do município, ou seja, sem ir a Prefeitura.
Cleigivaldo Carvalho é alvo de 183 denúncias protocoladas em diversos órgãos fiscalizadores pelo vereador Carleon Oliveira Souza (PSC), conhecido por Carlé do Sindicato, e foi preso pela Policia Federal em maio do ano passado, na Operação 13 de Maio, suspeito de participar no esquema de desvio de recursos públicos que pode superar R$ 70 milhões, segundo estimativa da PF na época.

Fonte: Calila Notícias


Publicidade