Final de Semana Esportivo

Postado por Adalberto Moreno em 12 de dezembro de 2011

Intermunicipal: Com um futebol rápido e envolvente, São Francisco é campeão (RESULTADOS DA COPA RURAL DE JEREMOABO)

Com um futebol de toques rápidos e inteligente, a seleção de São Francisco do Conde conquistou o seu primeiro título do Campeonato Intermunicipal na tarde deste domingo (11), no Estádio Junqueira Ayres, na cidade do mesmo nome.

Com um gol no primeiro tempo e três no segundo, São Francisco goleou a seleção de Santaluz por 4 a 0 e faturou o maior campeonato de futebol amador do mundo.

Embora Santaluz tivesse criado a primeira boa oportunidade logo aos 4 minutos de jogo, através de uma cabeçada do centroavante Marcelo, obrigando o goleiro Marcio Graick fazer uma grande defesa, a seleção de São Francisco mostrou certa superioridade em campo durante os 90 minutos, principalmente pelo equilíbrio entre a defesa, o meio campo e o ataque.

Além disso, a equipe comandada pelo ex-jogador Osmar soube jogar com a força da torcida, que compareceu em massa vestida com as cores da seleção na busca do título inédito.

Como no jogo de ida, em Santaluz, a equipe sãofranciscana já havia vencido por 2 a 0, neste domingo a tática era esperar o adversário para aplicar o golpe mortal no contra-ataque. E deu mais do que certo.

Primeiro tempo equilibrado

 Com o bom futebol de Pithaco no meio campo, ajudado por Pim, no ataque, a equipe respondia com perigo as investidas de Santaluz, que esteve próximo de marcar aos 04 e 11 minutos do primeiro, com Marcelo e Totó, o primeiro em uma grande cabeçada e o segundo depois de uma cobrança de escanteio e várias tentativas dentro da pequena área.

Mas a partida ganharia contornos diferentes a partir dos 20 minutos do primeiro tempo, quando o lateral Alex avançou e, sem ser incomodado por Totó, ficou de frente com Rose para marcar o primeiro gol de São Francisco.

Focada no jogo e no título, São Francisco manteve o mesmo ritmo e esquema tático após o gol. Com Júnior Ventura fazendo uma perfeita proteção à defesa, Pithaco ficava livre para pensar na armação das jogadas. Em duas oportunidades ele colocou Pim e Juninho na cara do gol, sendo que a última contou com a participação de Elton. Através dessas jogadas, quase surgia o segundo gol.

Santaluz sente

 Com um minuto o segundo tempo já mostrava como seria o seu panorama. Em jogada de Pim, Juninho acertou a trave e por pouco não marcou o segundo para São Francisco. Aos três minutos, em uma bela cobrança de falta, Pithaco obrigou Rose fazer uma grande defesa.

Mas, aos 07 minutos, a casa caiu. Após grande jogada desde o meio campo, sempre com a participação do eletrizante Pim, Pithaco bateu colocado, e com muita classe, decretando 2 a 0 para São Francisco do Conde.

A partir daí se percebeu um abatimento na seleção de Santaluz, que via o título ficar cada vez mais distante. Mesmo com algumas alterações feitas pelo treinador João Carlos não foi o suficiente para segurar o ímpeto do time da casa.

É verdade que Marcelo perdeu uma boa chance aos 10 minutos, e Totó tenha obrigado a Marcio Graick fazer uma grande defesa aos 19. Mas parece que foi só para assanhar o adversário. Aos 20, Juninho ampliaria para 3 a 0.

Após pressionar, aos 36, São Francisco voltaria a marcar aos 38, através de Jones, que havia entrado minutos antes. O gol surgiu no momento em que Santaluz já se mostrava sem qualquer poder de reação e a equipe da casa fazia a bola rolar com menor ritmo.

Sem esperar fechar os 45 minutos, o árbitro Arilson Bispo dos Santos encerrou a partida, para a alegria da torcida local. Fogos explodiram e os jogadores vieram comemorar com a torcida, uma vitória justa e com sobras.

Entrega de troféus

Ao final da partida, a Federação Bahiana de Futebol (FBF) deu seguimento à festa com a grande premiação. Homenageado do campeonato com seu nome no troféu, o compositor baiano Nelson Rufino fez a entrega da taça aos vencedores.

Marcaram presença na decisão o presidente da FBF, Ednaldo Rodrigues, o vice-presidente Manfredo Lessa, a diretora técnica da entidade, Taíse Galvão, o presidente da CEAF/BA, Wilson Paim, entre outras personalidades.

A prefeita de São Francisco do Conde, Rilza Valentin, acompanhou de perto a partida e fez a festa com a população do município.

Após o jogo, um mini trio animou o torcedor, que saiu comemorando desde o estádio Junqueira Ayres até a avenida principal da cidade, às margens do rio. A festa não tinha hora para parar.

Por Evandro Matos – especial para o Interior da Bahia

***

COPA RURAL

ADRIANA 3 X 0 FORÇA JOVEM

MURITI 0 X 1 PAUDÁGUA (Penaltis, Muriti 4 x 3 Pau Dágua)

MONTE A LEGRE X COELHO (Adiado)

BAIXA DA PEDRA 1 X 0 ALVORADA

CARITÁ 0 X 1 FEIRA NOVA

RIACHO SÃO JOSÉ 4 X 1 LAGOA DO MATO

CIRICA 1 X 2 VIRAÇÃO

LAGOA DO MATO DO SERTÃO 0 X 5 CANCHÉ

 


Publicidade