Série B: 45 pontos serão suficientes para escapar da degola?


Série B: 45 pontos serão suficientes para escapar da degola?

Os times da rabeira foram bem nesta 28.ª rodada, mas todos continuam em situação complicada. Esta SÉRIE B do brasileiro está realmente intrigante.

Mesmo com a vitória, o Bugre continua entre os encrencados, com 29 pontos, um a mais que o Vila Nova, seu adversário nesta terça-feira

Categorias: Colunas

Por: ARIOVALDO IZAC – –, 04/09/2022

Cruzeiro sofre para empatar com Criciúma. Foto: Oficial Cruzeiro

BLOG DO ARI – ENTRE E DEIXE SUA OPINIÃO !

Campinas, SP, 4 (AFI) – Esta Série B do Campeonato Brasileiro é intrigante.

Se torcedores da Chapecoense deliraram com a goleada imposta sobre a Ponte Preta por 3 a 0, no frigir dos ovos, após o complemento da 28ª rodada, acordaram para a realidade e depararam com diferença de apenas dois pontos para quem abre o Z4, caso do Operário, com 30 pontos.

Imaginem se o Guarani não tivesse feito a lição de casa, ao vencer – por goleada – o Sampaio Corrêa?

Mesmo com a vitória, o Bugre continua entre os encrencados, com 29 pontos, um a mais que o Vila Nova, seu adversário nesta terça-feira, em Goiânia.

O Guarani participa de semana importantíssima às suas pretensões de permanência na competição.

Arrancar ponto do Vila Nova e sábado do Operário, no Paraná, é imperativo.

Como mais dez rodadas estão por vir, o que já se questiona é se 45 pontos serão suficientes para não se correr risco.

Isso, apenas as próximas três rodadas podem sinalizar.

CRUZEIRO

Quem diria que o Criciúma fosse dar tanto trabalho para o Cruzeiro, na tarde deste domingo, no Estádio do Mineirão!

Com a desvantagem no placar no primeiro tempo, o Cruzeiro colocou em prática incrível pressão na etapa final, só chegando ao gol do empate no final da partida, através do ex-pontepretano Bruno Rodrigues: 1 a 1.

E o público pagante, então! Foram 58.702 torcedores que empurraram o time cruzeirense ao ataque.

A renda? Anote aí: R$ 2.478.008.

ORGANIZADAS

Entra dia, sai dia, e selvagens torcedores de organizadas se confrontam de norte a sul do País.

Em Salvador (BA), torcedores do Vitória e Bahia brigaram, neste domingo, e o resultado foi uma morte, alguns sofreram fraturas, e 53 foram levados à delegacia de polícia.

Esses caras deveriam ser fichados e proibidos de se dirigirem a estádios em dias de jogos, mas nada disso ocorre.

Essa impunidade serve de incentivo para repetirem conflitos. Infelizmente.  

Confira também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *