Programa “HumanizAção” acolhe 26 pessoas em situação de rua nesta quarta-feira (13) – Agência de Notícias

Em mais uma ação de abordagem social especializada, as equipes do programa “HumanizAção” promoveram, nesta quarta-feira (13), atendimentos a 50 pessoas em situação de rua, em diferentes regiões da cidade. Dessas, 26 aceitaram receber acolhimento na entidade Serviço de Obras Sociais (SOS), onde são disponibilizados, além do pernoite, alimentação completa, roupas e toalhas, banho e cuidados de higiene.

As equipes percorreram os seguintes endereços: Avenida Itavuvu, Praça Mãe Preta, Avenida Edward Fru Fru Marciano da Silva, Praça Frei Baraúna, Praça Cel. Fernando Prestes, Rua Leopoldo Machado, Avenida Dr. Afonso Vergueiro, Rua Ferdinando Irineu Corra, Avenida Dr. Armando Pannunzio, Rua Miguel José Gimenez, Rua Salvador Leite Marques, Avenida Dr. Antônio Carlos Comitre, Avenida Prof. Arthur Fonseca, Rua Plínio Miguel, Rua Belmiro Loureiro Almeida, Rua Auta L. Paschoalick, Praça Castro Alves, Rua Humberto de Campos, Rua Padre Luiz, Praça Edmundo Valle, Avenida São Paulo, Avenida Gen. Carneiro, além de imediações da Rodoviária.

Realizado de forma integrada, o “HumanizAção” reúne profissionais da Secretaria de Segurança Urbana (Sesu), da Secretaria da Cidadania (Secid), com sua Coordenadoria de Álcool e Outras Drogas junto à Divisão de Política para Pessoas em Situação de Rua, além da Secretaria da Saúde (SES) e Secretaria de Gabinete Central (SGC). Também conta com o importante auxílio da Guarda Civil Municipal (GCM), da Secretaria de Serviços Públicos e Obras (Serpo) e da Urbes – Trânsito e Transportes.

Saiba como ajudar

A população pode sempre colaborar com o programa, informando os locais da cidade onde haja pessoas em situação de rua necessitando de cuidados e acolhimento, assim como doando roupas, cobertores e alimentos. O contato pode ser feito pelo WhatsApp: (15) 99666-2636, que pode ser acessado 24h por dia, ou pelos telefones: (15) 3229-0777, do SOS; (15) 3212-6900, da Secretaria da Cidadania e 153, da GCM.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *