Zagueiro da Croácia defende brasileiros: ‘Deixem eles dançarem’ – Jornal Correio

Adversário do Brasil nesta sexta-feira (9), pelas quartas de final da Copa do Mundo, o zagueiro Lovren da Croácia falou sobre as comemorações dos brasileiros com dancinhas durante os gols. Para o jogador do Zenit, a manifestação de felicidade não representa desrespeito aos adversários. 

“Deixem eles dançarem. Não vejo desrespeito no fato de que o brasileiro nasce e vive de música. Sei como eles vivem, e não vejo nada de errado nisso. Claro, tudo tem seus limites”, declarou.

As dancinhas dos jogadores da Seleção Brasileira foram alvo de críticas do ex-jogador Roy Keane durante a goleada por 4×1, sobre a Coreia do Sul. Os atletas rebateram a polêmica. O atacante Vinícius Júnior prometeu “meter mais dança” durante o Mundial. 

No futebol russo, Lovren atua com sete brasileiros. O zagueiro também conviveu com outros atletas do Brasil quando defendia o Liverpool. Ele conta que a relação era tão próxima que até aprendeu a falar português. 

“Eu entendo muito (de português) porque em todos os lugares que joguei, tinha amigos brasileiros. Conversei com quase todos, exceto aqueles com quem vou jogar em dois dias. Todos me desejaram boa sorte. Espero que continuemos a nos dar bem mesmo depois do jogo”, brincou Lovren.

Questionado sobre quem vai ficar com a vaga na semifinal, Lovren jogou o favoritismo para o Brasil. No Mundial da Rússia, a Croácia surpreendeu e fez a final com a França. 

“O Brasil é o favorito. Tem elenco para duas equipes fortes pela qualidade dos seus jogadores, que podem mudar o ritmo do jogo. Não temos nenhum problema com o fato de serem os favoritos, valorizamos e respeitamos todos e é assim que vamos nos mostrar dentro de campo”, disse. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *