Série B: Conheça quem estará a frente das equipes em 2023


Série B: Conheça quem estará a frente das equipes em 2023

O Futebol Interior traz informações sobre todos os técnicos que estarão à frente das equipes nesta temporada da competição

Conheça todos os técnicos que irão disputar a Série B do Campeonato Brasileiro em 2023

Categorias: Futebol Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 13/04/2023

Confira os técnicos da Série B (Foto: Lucas Figueiredo-CBF)

Campinas, SP, 12 (AFI) – A Série B do Campeonato Brasileiro de 2023 vai começar! Nesta sexta-feira (14), Guarani e Avaí abrem a primeira rodada do torneio no Estádio Brinco de Ouro da Princesa e dão o pontapé inicial na briga pela taça da segunda divisão nacional e pelo acesso à elite do futebol brasileiro. 

Para ficar por dentro de tudo, o Futebol Interior traz informações sobre todos os técnicos que estarão à frente das equipes nesta temporada da competição. 

Hélio dos Anjos – Ponte Preta

Responsável por conduzir a Ponte Preta à elite do Paulistão durante a Série A2 de 2023, Hélio dos Anjos é quem irá comandar a Macaca na Série B. O treinador chegou ao clube no último ano e foi fundamental para a permanência do time na segunda divisão estadual.

Bruno Pivetti – Guarani

Depois de demitir Mozart, que está no Atlético-GO, o Guarani terminou a reta final do Paulistão sob o comando do interino Moisés Moura, que foi desligado ao termino da competição. Quem irá comandar o Bugra na Série B será Bruno Pivetti, que fará sua estreia na sexta-feira.

Evaristo Piza – Sampaio Corrêa

Evaristo Piza foi contratado pelo Sampaio Corrêa no início do mês de março após deixar o ASA-AL. Quando treinou a equipe alagoana, alcançou a classificação para semifinais do Estadual como segundo colocado na fase classificatória.

Mozart Santos – Atlético-GO

Mozart Santos chegou ao Atlético-GO no início deste ano, após ter sido demitido do Guarani. Em pouco tempo no comando da equipe, foi campeão do Goianão com o Dragão e vai permanecer no comando da equipe para o Brasileiro e para a Copa do Brasil. 

Gustavo Morínigo – Ceará

Apesar da eliminação da Copa do Brasil e a derrota na final do Cearense, os resultados de Gustavo Morínigo à frente do Ceará agradam a diretoria alvinegra. O técnico tem 13 vitórias em 21 partidas pelo Vozão, rendendo um aproveitamento de 68% e a chance de permanecer no comando do time para a Série B. 

Emerson Moreira – Sport 

O Sport é considerado um dos favoritos ao título da segunda divisão nacional e muito disso se deve às atuações apresentadas pelo time comandado por Emerson Moreira em 2023. O treinador conduziu o time às finais da Copa do Nordeste e do Campeonato Pernambucano, além de ainda estar vivo na disputa da Copa do Brasil.

Fernando Marchiori – ABC

Sob o comando de Fernando Marchiori, o ABC foi muito superior em grande parte do Campeonato Potiguar, muito perto de garantir a vaga nas semifinais do Estadual. Além disso, o time foi semifinalista da Copa do Nordeste – acabou eliminado para o Sport. No Frasqueirão, Marchiori está invicto há 32 jogos.

Eduardo Baptista – Novorizontino

Finalista do Paulista A2 com uma campanha de destaque, Eduardo Baptista está garantido no comando do Grêmio Novorizontino para a Série B. Pelo estadual, foram 12 vitórias em 21 jogos pelo Tigre e, apesar de perder a final para a Ponte Preta, garantiu o acesso à elite do futebol paulista em 2024. 

Ricardo Catalá – Mirassol

Apesar da eliminação precoce no Paulistão, o Mirassol não abriu mão de Ricardo Catalá para a disputa do Brasileiro. Afinal, o treinador foi quem conduziu o Leão da Alta Araraquarense ao título da Série C, em 2022, e, consequentemente, à vaga do time na segunda divisão nacional. 

Gilmar dal Pozzo – Ituano 

O Ituano realizou uma boa campanha no Campeonato Paulista de 2023 sob o comando de Gilmar Dal Pozzo. O Galo chegou à semifinal do estadual mas acabou eliminado pelo Palmeiras, que se sagrou campeão da competição. A pouco mais de dois meses na equipe paulista, a expectativa é que Dal Pozzo consiga entregar bom rendimento também no torneio nacional.

Argel Fuchs – Chapecoense 

Argel Fuchs chegou à Chapecoense em março deste ano para substituir Bruno Pivetti, que caiu após a eliminação nas quartas de final do Campeonato Catarinense. O treinador estava sem clube desde outubro de 2022, quando deixou o Alverca, de Portugal.

Alex – Avaí

E teremos estreia na Série B. No comando de seu primeiro elenco profissional, Alex estreia em um competição nacional. O ex-meia iniciou a carreira no sub-20 do São Paulo, onde ficou por duas temporadas e neste ano, assumiu o Leão da Ilha. No estadual, foram 14 jogos e cinco vitórias. O Avaí acabou eliminado no Catarinense nas quartas de finais.

Adilson Batista – Botafogo-SP

Experiente, Adílson Batista assumiu o Botafogo-SP na reta final do Paulistão, após a saída de Paulo Baier. Em cinco jogos, conquistou apenas uma vitória. Adilson conhece bem a Série B, na temporada passada, quase conquistou o acesso pelo Londrina.

Umberto Louzer – CRB

Umberto Louzer assumiu o CRB nesta temporada e vem fazendo grande trabalho. Vivo na Copa do Brasil, o treinador conquistou o Campeonato Alagoano de forma invicta. Ao todo foram 21 jogos, 14 vitórias e apenas duas derrotas, na Copa do Nordeste.

Cláudio Tencatti – Criciúma

Outro campeão estadual é o técnico Cláudio Tencatti. Sob seu comando o Criciúma conquistou o título Catarinense vencendo o Brusque nos dois jogos. O treinador é o mais longevo entre as equipes da Série B, no comando do Tigre desde 2021.

Pintado – Juventude

Velho conhecido, Pintado está de volta ao Juventude. Sob seu comando, o Ju conquistou o acesso à Série A de 2020. O treinador retorna em busca de repetir o mesmo feito. Pintado estava na Inter de Limeira, onde fez grande trabalho, mantendo o time na elite do Paulistão.

Alexandre Gallo – Londrina

Outro que fará sua estreia no clube será Alexandre Gallo. Contratado após o fim da participação do Londrina no Paranaense onde sequer se classificou para as quartas de finais, o Tubarão demitiu Edinho e acertou a vinda de Gallo. O treinador estava no comando do Cianorte, onde caiu nas quartas do Paranaense.

Marcelo Chamusca – Tombense

O técnico Marcelo Chamusca irá comandar o Tombense em sua segunda participação na Série B. Após se manter na segunda divisão em seu ano de estreia, o Gavião chega para a Série B campeão da Taça Inconfidência.

Claudinei Oliveira – Vila Nova

O Vila Nova sofreu na temporada passa na Série B, mas conseguiu sua permanência. Para esta temporada, o Tigre vem sob o comando de Claudinei Oliveira, que chega pressionado, após a queda na Copa do Brasil, Copa Verde e eliminação nas quartas do Campeonato Goiano.

Léo Condé – Vitória

Retornando à Série B, o Vitória será comandando por Léo Condé. O Leão demitiu o técnico João Burse, que conquistou o acesso, no meio do Campeonato Baiano. Já sob o comando de Condé, o Vitória não conseguiu se classificar para as finais do Baiano e foi eliminado na Copa do Nordeste e Copa do Brasil. Em oito jogos, o treinador conquistou apenas uma vitória.

Confira também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *