Série B: Técnico do Novorizontino, Eduardo Baptista destaca equilíbrio da competição


Série B: Técnico do Novorizontino, Eduardo Baptista destaca equilíbrio da competição

“Vejo um campeonato extremamente equilibrado, onde ainda teremos surpresa”

O Novorizontino, após a vitória contra o Avaí (2 a 0), no Jorjão, segue sua semana de trabalho visando a sequência da Série B

Categorias: Futebol Interior

Por: Agência Futebol Interior, 25/05/2023

Foto: Gustavo Ribeiro

Campinas, SP, 25 (AFI) – O Novorizontino, após a vitória contra o Avaí (2 a 0), no Jorjão, segue sua semana de trabalho visando a sequência do Campeonato Brasileiro da Série B. Depois de realizar uma movimentação com o elenco do time sub-20, na quarta-feira, o Aurinegro voltou a realizar treinos táticos e técnicos nesta quinta-feira, na Toca do Tigre. Nesta sexta, outra vez volta a campo em Novo Horizonte e viaja no sábado para Fortaleza, onde domingo (28), às 15h30, enfrenta o Ceará, pela 9ª rodada do Nacional.

Chegando próximo da marca de 25% dos jogos da competição, o técnico Eduardo Baptista fez uma análise da competição e da importância do bom início do Tigre do Vale, que soma 14 pontos, ocupando a 7ª colocação, a um ponto do G4.

“Vejo um campeonato extremamente equilibrado, onde ainda teremos surpresa, pois nem todo mundo que está em cima vai permanecer lá e alguns que estão embaixo também não ficarão lá. Ainda está muito confuso de ler esse campeonato, o importante que pra gente tivemos um bom início, com oito jogos a pontuação que a gente tem é importante, pois a parte final é sempre mais difícil, então, se você puder pontuar nessa parte inicial ajuda bastante. Por isso é necessário estar concentrado, bem-treinado, organizado, para conseguir isso e, na parte mais difícil, ter um certo conforto”, disse o técnico Eduardo Baptista.

Quem também comemora os números e seu retorno na equipe é o atacante Douglas Baggio, que foi capitão do Tigre do Vale nos dois últimos jogos. “Feliz de estar voltando à equipe, fiquei dois meses fora deste a reta final do Paulistão A2 e é ruim ficar de fora. Trabalhei para que quando a oportunidade chegasse eu estivesse pronto. Agradeço ao pessoal do DM e da transição, que me ajudaram bastante para eu voltar bem, sem dor. Agora é ter mais ritmo de jogo, sequência, vinha entrando nas partidas e agora pude jogar duas como titular. Estou feliz por isso, mas espero dar continuidade, oferecendo meu melhor para que junto dos companheiros o resultado positivo venha”, emendou camisa ‘7’ Douglas Baggio, falando também da experiência de ser capitão. “É o primeiro clube onde tenho a oportunidade de ser um líder, um capitão, agradeço ao professor por essa oportunidade de ser um dos capitães do time. Não tem só eu, tem o Renato, o Ronaldo, outros jogadores e formas diferentes. Cada um tem uma forma de lhe dar com essa liderança e eu estou sabendo me sair bem como capitão.”

Confira também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *